Your browser is out-of-date.

In order to have a more interesting navigation, we suggest upgrading your browser, clicking in one of the following links.
All browsers are free and easy to install.

 
  • in vitruvius
    • in magazines
    • in journal
  • \/
  •  

research

magazines

projects ISSN 2595-4245


abstracts

português
A exiguidade do lote da Residência em Guaecá, obra do escritório Projeto Paulista, resultou em um projeto de planta enxuta e visuais que se abrem para o amplo espaço livre condominial e para as visuais da serra do mar.

how to quote

PORTAL VITRUVIUS. Residência em Guaecá. Projetos, São Paulo, ano 20, n. 230.01, Vitruvius, fev. 2020 <https://pop.www.vitruvius.com.br/revistas/read/projetos/20.230/7628>.


Esta residência se localiza na praia de Guaecá em um condomínio que se destaca, em meio aos diversos loteamentos de veraneio do litoral norte de São Paulo, pela qualidade dos espaços livres e pela generosidade em relação aos espaços condominiais, segundo dizem é projeto do escritório do Lúcio Costa. A organização das glebas é feita por faixas, perpendiculares à rodovia e a linha de beira-mar, intercaladas por ruas de serviços – onde se dão os acessos de veículos – e “ruas” de lazer – amplos espaços coletivos, gramados e ajardinados, chamados de “gramado”, que dão acesso à praia, desta forma os lotes, que têm dimensões relativamente reduzidas, possuem duas frentes e são complementados por amplo espaço livre condominial.

Residência em Guaecá, São Sebastião SP Brasil, 2006. Arquitetos Henrique Fina, Luis Mauro Freire e Maria do Carmo Vilariño (autores) / Projeto Paulista
Foto Luis Mauro Freire

Como a principal exigência dos proprietários era construir uma casa econômica e de baixa manutenção, optamos por resolvê-la em um único pavimento térreo, com área de 120m2. A exiguidade da área seria compensada por uma planta enxuta, com poucas áreas de circulação, e amplitudes visuais para o exterior através de amplos caixilhos e beirais.

Residência em Guaecá, São Sebastião SP Brasil, 2006. Arquitetos Henrique Fina, Luis Mauro Freire e Maria do Carmo Vilariño (autores) / Projeto Paulista
Foto Luis Mauro Freire

A residência foi resolvida em dois sistemas construtivos diferentes e complementares: alvenaria armada de blocos de concreto aparentes e estrutura de madeira com cobertura em telhas cerâmicas. O primeiro estabelece as bases e apoios para o segundo através da criação de três volumes básicos independentes: um volume implantado na face Nordeste do terreno, obedecendo ao recuo mínimo, concentrando dormitórios e sanitários, uma linha de armários junto à divisa oposta, que hora se voltam para dentro e para fora, e um volume central que concentra os apoios da cozinha e caixa d’água no nível superior, sobre estes volumes apoia-se a estrutura de madeira de cobertura em uma única água.

Residência em Guaecá, perspectiva isométrica, São Sebastião SP Brasil, 2006. Arquitetos Henrique Fina, Luis Mauro Freire e Maria do Carmo Vilariño (autores) / Projeto Paulista
Imagem divulgação [Acervo Projeto Paulista]

O espaço resultante desta operação é o espaço que abriga as atividades coletivas da casa e que articula o acesso pela garagem (rua de serviços) até o jardim (rua de lazer), organizando em sequência a cozinha e apoios de serviços, sala de jantar e área de estar, voltada para a rua de lazer. A área de estar está formalizada em um módulo que avança inteiramente em relação ao bloco de dormitórios, configurando lateralmente uma área descoberta que abriga a churrasqueira, resolvida em balcão. O piso da sala avança em nível para a área externa e configura-se uma varanda inteiramente integrada com os jardins externos por caixilhos pivotantes que abrem completamente o vão.

Residência em Guaecá, São Sebastião SP Brasil, 2006. Arquitetos Henrique Fina, Luis Mauro Freire e Maria do Carmo Vilariño (autores) / Projeto Paulista
Foto Luis Mauro Freire

A cobertura inclinada projeta-se em amplos balanços nas duas extremidades e nas laterais, obtidos graças a um artifício formal, o de recuar os fechamentos cerca de um metro para o interior da residência. O maior balanço da cobertura para Nordeste visa proteger os caixilhos da insolação visto que a inclinação da cobertura busca evidenciar no interior da residência as visuais da serra do mar localizadas à Nordeste.

Residência em Guaecá, São Sebastião SP Brasil, 2006. Arquitetos Henrique Fina, Luis Mauro Freire e Maria do Carmo Vilariño (autores) / Projeto Paulista
Foto Luis Mauro Freire

ficha técnica

projeto
Residência em Guaecá

local
São Sebastião SP Brasil

ano
Projeto: 2005
Construção: 2006

área
Terreno: 300,00m2
Construída: 138,60m2

arquitetura
Henrique Fina, Luis Mauro Freire e Maria do Carmo Vilariño (autores) / Projeto Paulista

fundações e alvenaria armada
LY Engenharia e Projetos

estrutura de madeira
Ita Construtora

instalações prediais
JPD Instalações Hidráulicas e Elétricas

foto
Luis Mauro Freire

comments

230.01 habitação unifamiliar
abstracts
how to quote

languages

original: português

source

share

230

230.02 meio ambiente

Parque Municipal Raul Seixas e suas transformações

Lucas Lavecchia and Leonardo Pequi

230.03 institucional

Reforma e ampliação O2 Filmes

Cristina Xavier

newspaper


© 2000–2020 Vitruvius
All rights reserved

The sources are always responsible for the accuracy of the information provided