Your browser is out-of-date.

In order to have a more interesting navigation, we suggest upgrading your browser, clicking in one of the following links.
All browsers are free and easy to install.

 
  • in vitruvius
    • in magazines
    • in journal
  • \/
  •  

research

magazines

interview ISSN 2175-6708

abstracts

português
Benaminio Servino tem uma maneira pessoal de imaginar o presente, com um vocabulário próprio, feito de memória e desejo. Também de ironia, paródia, caricatura, distopias... Entrevista feita por Sérgio Hespanha e Federico Calabrese.

how to quote

HESPANHA, Sérgio; CALABRESE, Federico. Benaminio Servino. Arquitetura italiana contemporânea: entre o desenho e o projeto. Entrevista, São Paulo, ano 15, n. 059.01, Vitruvius, set. 2014 <https://pop.www.vitruvius.com.br/revistas/read/entrevista/15.059/5329>.


Metade casa, metade igreja

Sérgio Hespanha e Federico Calabrese: O que diria sobre a arquitetura e o urbanismo que se encontra no Brasil (para não dizer que sejam ‘brasileiros’; se quiser, fale desta questão de uma identidade da arquitetura brasileira para o senhor)? O que acha de Brasília?

Benaminio Servino: Fascina-me muito a experiência da cidade de fundação. Interessa-me verificar cada vez o aparato plástico e a distância que ele tem da cidade histórica que cresce sobre si mesma.

SH/FC: Comentaria as manifestações (4) que recentemente ocorreram nas ruas de cidades brasileiras e as relacionaria com o espaço urbano e a arquitetura? (teríamos da ‘cidade que se rebela’ algo que possa repercutir na arquitetura e no urbanismo?) Vê possíveis correlações entre esta rebeldia e uma democratização da beleza? A ‘cidade que se rebela’ pode repercutir na arquitetura e no urbanismo?

A forma segue a si mesma


BS: Os sinais de sofrimento social não podem ser transcurados.

A beleza e a democracia são construídas no equilíbrio. [A estética do desequilíbrio reflete o desequilíbrio econômico e social].

SH/FC: Conhece a obra de Lina Bo Bardi? Seus desenhos? Pode falar dela e especificamente acerca de possíveis correlações com sua maneira de projetar e sua visão da arquitetura?

BS: Eu conheço algumas obras de Lina Bo Bardi. De algumas eu gosto muito. A tal ponto que alimentaram meu repertório de signos.

Arquitetura autobiográfica

Metade casa, metade igreja

nota

4
Entre junho e julho de 2013, inicialmente protestando contra o aumento da tarifa de transporte público, estas manifestações ganham corpo, disseminando–se por várias cidades brasileiras, principalmente na forma de passeatas. Estes protestos passaram então a incluir outras demandas, na medida em que houve repressão e a inclusão de diversos interesses e interessados, referindo a gastos públicos em eventos esportivos internacionais, a má qualidade dos serviços públicos (saúde e educação, principalmente) e a indignação com a corrupção no exercício da política representativa.

comments

059.01
abstracts
how to quote

languages

original: português

outros: italiano

share

059

newspaper


© 2000–2020 Vitruvius
All rights reserved

The sources are always responsible for the accuracy of the information provided