Your browser is out-of-date.

In order to have a more interesting navigation, we suggest upgrading your browser, clicking in one of the following links.
All browsers are free and easy to install.

 
  • in vitruvius
    • in magazines
    • in journal
  • \/
  •  

research

magazines

drops ISSN 2175-6716

abstracts

português
Fernando Diez, editor da revista argentina Summa+, comenta o aniversário de vinte anos do portal Vitruvius, dirigido por Abilio Guerra e Silvana Romano Santos.

how to quote

DIEZ, Fernando. 20 vezes Vitruvius. Drops, São Paulo, ano 20, n. 149.09, Vitruvius, fev. 2020 <https://pop.www.vitruvius.com.br/revistas/read/drops/20.149/7653>.



A adoção por Abilio Guerra e Silvana Romano Santos de um nome antigo para um website moderno, acredito, deve ser interpretada como uma declaração de intenções. Porque nos oferece uma perspectiva em que a história e o futuro estão ligados na mesma aventura cultural. No caso dele, o da arquitetura, em sua dupla condição de saber e fazer. Vitruvius é um meio digital eletrônico, imaterial, poderíamos dizer, o que é especialmente irônico no caso da arquitetura, nascida de pedras, da solidez que Vitruvio reivindicou e que a informação só pode ter em sentido figurado. Na confiança que é capaz de inspirar.

A era digital ajudou a dissolver o sólido da arquitetura nas imagens efêmeras destinadas a desaparecer, mas também permitiu manter os desenhos e textos fiéis aos seus originais em papel. Embora agora, com mais frequência, seus originais também sejam imateriais. Mas, ao mesmo tempo, edifícios, desenhos e textos estão agora mediados por uma dinâmica em que a sucessão e a hiper-oferta de imagens (os textos também nos chegam como imagens na tela cintilante) são assediadas pela possibilidade e a iminência da próxima imagem. Uma aceleração cuja velocidade levou a um novo tipo de atenção distraída e de curto prazo. Uma atenção fustigada pela estética do desaparecimento descrita por Paul Virilio, que nos alertou sobre os efeitos inerentes a essa aceleração e o novo status da categoria do efêmero.

O portal Vitruvius parece ter proposto, e creio que ele conseguiu em grande parte, evitar o efeito dominante da atenção dispersa e da instabilidade da informação virtual. A predominância de preto e branco, a letra estoica da velha máquina de escrever, a catalogação ordenada e o formato do arquivo, a igualdade de tratamento entre autores, textos e obras permitiram ao Vitruvius nos oferecer um oásis na vertigem da comunicação contemporânea, uma oportunidade para atenção lenta, pausada, reflexiva.

Quanto à “firmeza” vitruviana, acredito que vinte anos são demonstração suficiente. Eles nos fazem confiar que este repositório sobreviverá. Que, até agora, esses elétrons em movimento manterão viva essa formidável acumulação de textos, obras e reflexões sobre a arquitetura e a cidade. Que o etéreo também pode ser sólido. Que no portal Vitruvius existe uma firmitas vitruviana que o imaterial geralmente não possui.

Feliz aniversário!

sobre o autor

Fernando Diez, editor da revista argentina Summa +.

Fernando Diez, editor da revista de arquitetura argentina Summa+
Foto divulgação

 

comments

149.09 vitruvius 20 anos
abstracts
how to quote

languages

original: português

share

149

149.01 política

A culpa não é das chuvas

Parte 4

Carlos A. Ferreira Martins

149.02 lixo e enchente

O lixo atrapalha, mas não é o vilão das enchentes

Álvaro Rodrigues dos Santos

149.03 pesquisa

Ocupação Rino Levi

Notas sobre evento organizado pela FAU USP e Itaú Cultural

Ana Lanna

149.04 cultura

Violência, ganância, hipocrisia

As denúncias políticas das escolas de samba no carnaval 2020

Edison Ribeiro

149.05 instalação e cinema

Quando Cildo e King (quase) se encontraram

Ulisses Castro

149.06 política cultural

A última sessão do Cinearte

O fechamento dos cinemas de rua em São Paulo

Nabil Bonduki

149.07 política pública

A culpa não é das chuvas

Parte 5

Carlos A. Ferreira Martins

149.08 política habitacional

Moradia adequada é um direito!

Raquel Rolnik

newspaper


© 2000–2020 Vitruvius
All rights reserved

The sources are always responsible for the accuracy of the information provided