Your browser is out-of-date.

In order to have a more interesting navigation, we suggest upgrading your browser, clicking in one of the following links.
All browsers are free and easy to install.

 
  • in vitruvius
    • in magazines
    • in journal
  • \/
  •  

research

magazines

architectourism ISSN 1982-9930

Pôr-de-sol em São Paulo. Foto Claudia Stinco
mouseovermouseover

Placa da Rua Professor Tranquilli, Vila Mariana, São Paulo
Foto Roney Cytrynowicz [passar o mouse sobre a imagem]

abstracts

português
Ministério do Arquiteturismo adverte: não é tão difícil ter uma cidade mais tranquila!


how to quote

GUERRA, Abilio; CYTRYNOWICZ, Roney. Ministério do Arquiteturismo adverte.... Não é tão difícil ter uma cidade mais tranquila! Arquiteturismo, São Paulo, ano 14, n. 160.03, Vitruvius, jul. 2020 <https://pop.www.vitruvius.com.br/revistas/read/arquiteturismo/14.160/7818>.


Tranquillo Tranquilli, nascido em Roma em 1878, viveu no Brasil de 1913 a 1947, quando faleceu na cidade de São Paulo. Filho de cônsul, morou nos Estados Unidos, Portugal e Inglaterra antes de aportar por aqui. Professor nos países onde morou, lecionou em várias escolas secundárias paulistas, além de exercer várias funções públicas de confiança nos governos estadual e federal, participações que lhe alçaram à condição de nome de rua após seu falecimento.

Como havia em duplicata duas vias denominadas Rua Floresta, uma na Vila Clementino, outra na Vila Mariana, as autoridades resolveram dar à segunda o nome do pacífico funcionário público, conforme nos esclarece a Lei Municipal 3770 de 8 de junho de 1949, que em seus artigo e parágrafo únicos trata assim a questão:

Art. 1 – Passa a denominar-se rua Professor Tranquilli a atual rua Floresta, e que começa na rua Santa Cruz e termina na rua Loefgren, no subdistrito de Saúde.

§único – As placas de nomenclatura conterão ainda, em letras menores, os seguintes dizeres: “Tranquilo Tranquilli – 1878-1947”.

E assim foi feito, perpetuando-se a tranquilidade preguiçosa do funcionário público de plantão, que – em homenagem ao homenageado – economizou um “L” do seu nome.

[passar o mouse sobre a imagem]

sobre os autores

Abilio Guerra é professor de graduação e pós-graduação da FAU Mackenzie e editor, com Silvana Romano Santos, do portal Vitruvius e da Romano Guerra Editora.

Roney Cytrynowicz é historiador, escritor, diretor da Editora Narrativa Um – Projetos e Pesquisas de História, e editor de uma coleção de guias de passeios a pé pela cidade de São Paulo.

comments

160.03 ministério do arquiteturismo
abstracts
how to quote

languages

original: português

share

160

160.01 eu estive lá!

Araracabana

Michel Gorski

160.02 viagem de estudo

Memórias da pesquisa na França

Silvia Raquel Chiarelli

160.04 Nápoles

Nápoles

Carina Mendes dos Santos Melo

160.05 Santa Bárbara D’oeste

Flanar por Santa Bárbara d’Oeste

André Frota Contreras Faraco

newspaper


© 2000–2020 Vitruvius
All rights reserved

The sources are always responsible for the accuracy of the information provided