Your browser is out-of-date.

In order to have a more interesting navigation, we suggest upgrading your browser, clicking in one of the following links.
All browsers are free and easy to install.

 
  • in vitruvius
    • in magazines
    • in journal
  • \/
  •  

research

magazines

architectourism ISSN 1982-9930

Rodovia Washington Luis, interior do Estado de São Paulo. Foto Abilio Guerra

abstracts


how to quote

MARIGO, Luiz Cláudio. A vida vai parecer um sonho. Arquiteturismo, São Paulo, ano 13, n. 147.03, Vitruvius, jun. 2019 <https://pop.www.vitruvius.com.br/revistas/read/arquiteturismo/13.147/7380>.


Quando olhamos para trás, no momento da morte, a experiência desta vida vai parecer um sonho.

E, exatamente como com os nossos sonhos noturnos, vai parecer inútil colocar tanto esforço para isso. O medo que experimentamos em um sonho terá desaparecido. Quando acordarmos, o medo que sentimos terá sido apenas um esforço inútil nos fazendo perder o sono!

Com a morte, quando olharmos para trás em nossas vidas, a quantidade de tempo que passamos em hesitação, agressão, ignorância, egoísmo, inveja, ódio, autopreservação e arrogância vai parecer um esforço igualmente inútil de energia.

Então, seremos capazes de considerar todos esses pensamentos e conceitos como sonhos ilusórios. Dentro dessa existência ilusória, o que, se alguma coisa, é a lógica por trás de qualquer teimosia, distração, hesitação, ou emoções habituais de agressão, o desejo, o egoísmo e a inveja? Qual é a utilidade de manter-se emoções inúteis dentro desta impermanência?

Impermanência é a natureza de tudo.

notas

NA – O presente texto do meu querido amigo Luiz Cláudio Marigo foi mandado por e-mail para mim, para sua esposa e para seus filhos. Ele morreu de infarto, em frente ao Hospital Cardiológico de Laranjeiras, considerado um centro de excelência em cardiologia, que lhe negou socorro sob a alegação de não dispor de setor de emergência. Sua morte foi triste, frustrante, dramática. Mas foi, sobretudo, um desperdício!

NE – Fotografias de Luiz Cláudio Marigo podem ser vistas nos seguintes artigos publicados no portal Vitruvius:

BARRA, Eduardo. Paisagismo brasileiro perde Sérgio Treitler. Drops, São Paulo, ano 11, n. 038.08, Vitruvius, nov. 2010 <www.vitruvius.com.br/revistas/read/drops/11.038/3669>.

GUERRA, Abilio. José Tabacow. Entrevista, São Paulo, ano 07, n. 028.02, Vitruvius, out. 2006 <www.vitruvius.com.br/revistas/read/entrevista/07.028/3299>.

GUERRA, Abilio. Modernistas na estrada. Arquiteturismo, São Paulo, ano 01, n. 008.02, Vitruvius, out. 2007 <www.vitruvius.com.br/revistas/read/arquiteturismo/01.008/1366>.

TABACOW, José. O nascimento de uma paisagem. Arquiteturismo, São Paulo, ano 12, n. 139.01, Vitruvius, out. 2018 <www.vitruvius.com.br/revistas/read/arquiteturismo/12.139/7133>.

TABACOW, José. Pedra portuguesa. Ascensão e queda de uma tradição. Arquiteturismo, São Paulo, ano 06, n. 065.01, Vitruvius, jul. 2012 <www.vitruvius.com.br/revistas/read/arquiteturismo/06.065/4431>.

sobre o autor

Luiz Claudio Marigo (1950-2014), fotógrafo autodidata, começa a carreira em 1974, colaborando desde então com diversas publicações voltadas para os problemas ecológicos. Estuda fotografia de cinema com Fernando Duarte, na EAV/Parque Lage, no Rio de Janeiro, em 1978, tendo trabalhado nos dois anos seguintes como assistente de câmara de filmes de curta metragem. A partir dos anos 1980, concentra-se na fotografia de natureza. É autor ou ilustrador de diversos livros, dentre eles Mata Atlântica (1984), Pantanal (1985), Chapada Diamantina (1986), Floresta Atlântica (1992), Bromélias na natureza (1993) e As matas da Várzea do Mamiruá (1993).

comments

147.03 viagem derradeira
abstracts
how to quote

languages

original: português

share

147

147.01 viagem ficcional

Um encontro secreto de Niemeyer na Park Avenue

Paulo Ormindo de Azevedo

147.02 ministério do arquiteturismo

Ministério do Arquiteturismo adverte...

Helena Guerra

147.04 exposição

Stedelijk BASE, uma proposta de um percurso dinâmico para o espaço expositivo

Ana Tagliari and Wilson Florio

147.05 ensaio fotográfico

Unidade Habitacional de Marselha

Victor Hugo Mori

newspaper


© 2000–2019 Vitruvius
All rights reserved

The sources are always responsible for the accuracy of the information provided