Your browser is out-of-date.

In order to have a more interesting navigation, we suggest upgrading your browser, clicking in one of the following links.
All browsers are free and easy to install.

 
  • in vitruvius
    • in magazines
    • in journal
  • \/
  •  

research

magazines

architectourism ISSN 1982-9930

Fazenda Boa Vista, Bananal. Foto Victor Hugo Mori

abstracts

português
No final de tarde parisiense, com o Beaubourg prestes a fechar, o arquiteto Jean-Paul Poirot, bisneto de um famoso detetive belga, intencionando comprar um presente para sua esposa que o aguarda na Bélgica, inicia estranha perseguição.


how to quote

GORSKI, Michel; GUERRA, Abilio. O personagem de roupa e chapéu pretos. Mistério e suspense na exposição de René Magritte no Beaubourg. Arquiteturismo, São Paulo, ano 10, n. 118.06, Vitruvius, jan. 2017 <http://pop.www.vitruvius.com.br/revistas/read/arquiteturismo/10.118/6365>.


Anoitece em Paris e os últimos visitantes entram com pressa no Centre Georges Pompidou, no tradicional bairro do Marais...

O arquiteto Jean-Paul Poirot, bisneto de um famoso detetive belga, entra correndo no edifício projetado pelos arquitetos Renzo Piano e Richard Rogers.

Poirot já viu as exposições em cartaz e só quer comprar uma lembrança para a esposa antes de voltar para casa, em Lessines, terra natal de René François Ghislain Magritte, um dos principais artistas surrealistas belgas.

Indeciso entre guarda-chuvas, broches e pins, Poirot percebe um personagem de roupa e chapéu pretos, que lhe chama a atenção devido sua familiaridade.

A pessoa entra no equipamento cultural e, no impulso e sem pestanejar, o jovem arquiteto abandona os souvenirs que já havia escolhido e segue o personagem de trajes pretos.

Ao entrar no espaço expositivo melhor iluminado, Poirot se dá conta que se trata de uma mulher, jovem ainda, paramentada como um homem.

A moça se detém e fita com atenção a linda jovem ruiva de uma pintura, que Poirot logo associa às Matrioskas, as bonecas russas de madeira, colocadas umas dentro das outras.

A moça de preto começa a andar em sua direção e o arquiteto, que se postara ao seu lado a uma distância segura, se surpreende com a semelhança entre ela e a ruiva da pintura.

A perseguição fica momentaneamente em segundo plano quando Poirot vê diante de si o enigmático La Décalcomanie, seu quadro preferido, pintado por Magritte em 1966.

Quando volta os olhos em direção à moça de preto, o jovem arquiteto tem uma pequena vertigem, sua visão fica embaçada, o vulto se dissolve em um quadro impressionista...

Ao recobrar a consciência, Jean-Paul Poirot, bisneto de famoso detetive belga, busca por longos minutos a moça de preto, mas fracassa. Lembra-se da esposa e se dá conta que não levará mais o presente prometido. É bom pensar em uma boa desculpa...

As luzes do Centre Pompidou começam a apagar e o enigmático quadro La Décalcomanie, pintado por René François Ghislain Magritte, nascido na pequena Lessines do casal Poirot, logo estará no breu.

ficha técnica

roteiro da fotonovela
Abilio Guerra

fotos
Michel Gorski

fotonovelas

GORSKI, Michel. O maravilhoso surge quando menos se espera! Era uma vez em Siena... Arquiteturismo, São Paulo, ano 05, n. 053.08, Vitruvius, jul. 2011 <www.vitruvius.com.br/revistas/read/arquiteturismo/05.053/3982>.

GORSKI, Michel; GUERRA, Abilio. A arte ensina quando menos se espera! Era uma vez em Londres... Arquiteturismo, São Paulo, ano 05, n. 057.06, Vitruvius, nov. 2011 <www.vitruvius.com.br/revistas/read/arquiteturismo/05.057/4132>.

GORSKI, Michel; GUERRA, Abilio. Não vigiar o museu pode resultar em dano irreparável para a obra de arte! Era uma vez em Paris.... Arquiteturismo, São Paulo, ano 07, n. 079.06, Vitruvius, out. 2013 <www.vitruvius.com.br/revistas/read/arquiteturismo/07.079/4931>.

GORSKI, Michel; GUERRA, Abilio. Fotógrafo do fotógrafo. Era uma vez em algumas cidades... Arquiteturismo, São Paulo, ano 08, n. 085.03, Vitruvius, mar. 2014 <www.vitruvius.com.br/revistas/read/arquiteturismo/08.085/5082>.

GORSKI, Michel; GUERRA, Abilio. Qual será a cor? Era uma vez em Ronda... Arquiteturismo, São Paulo, ano 08, n. 087.05, Vitruvius, jul. 2014 <www.vitruvius.com.br/revistas/read/arquiteturismo/08.087/5242>.

GORSKI, Michel; GUERRA, Abilio. A reviravolta maravilhosa na vida de uma manequim! Era uma vez em São Paulo... Arquiteturismo, São Paulo, ano 08, n. 094.04, Vitruvius, dez. 2014 <www.vitruvius.com.br/revistas/read/arquiteturismo/08.094/5413>.

GORSKI, Michel; GUERRA, Abilio. A moça do cabelo azul. Uma perseguição implacável no High Line novaiorquino. Arquiteturismo, São Paulo, ano 10, n. 111.07, Vitruvius, jun. 2016 <www.vitruvius.com.br/revistas/read/arquiteturismo/10.111/6082>.

GUERRA, Abilio; ROMANO SANTOS, Silvana. A menor sala de cinema do mundo. Misterioso roubo na Exposição Museu do Louvre Pau-Brazyl. Arquiteturismo, São Paulo, ano 10, n. 114.05, Vitruvius, set. 2016 <www.vitruvius.com.br/revistas/read/arquiteturismo/10.114/6191>.

GORSKI, Michel; GUERRA, Abilio. O personagem de roupa e chapéu pretos. Mistério e suspense na exposição de René Magritte no Beaubourg. Arquiteturismo, São Paulo, ano 10, n. 118.06, Vitruvius, jan. 2017 <www.vitruvius.com.br/revistas/read/arquiteturismo/10.118/6365>.

GORSKI, Michel; GUERRA, Abilio. Love Story século 21. A versão paulistana do amor eterno. Arquiteturismo, São Paulo, ano 12, n. 142.04, Vitruvius, jan. 2019 <www.vitruvius.com.br/revistas/read/arquiteturismo/12.142/7226>.

comments

118.06 fotonovela
abstracts
how to quote

languages

original: português

share

118

118.01 na estrada

Gunera manicata

José Tabacow

118.02 paisagem construída

Varsóvia, Polônia, uma cidade que viceja

Eliane Lordello

118.03 arquiteturismo em questão

Kuala Lumpur e Cingapura

Eduardo Pimentel Pizarro

118.04 literatura

O vendedor de doçura

Luís Antônio Jorge

118.05 ministério do arquiteturismo

Ministério do Arquiteturismo adverte...

Michel Gorski

118.07 crônica

Das coisas que só acontecem comigo

Ana Paula Bruno

118.08 ensaio fotográfico

As maravilhas arquitetônicas de Tomar

Victor Hugo Mori

newspaper


© 2000–2019 Vitruvius
All rights reserved

The sources are always responsible for the accuracy of the information provided